Ainda te amo, mas preciso dizer adeus.

O fato de hoje eu te dizer adeus, não implica afirmar que deixei de te amar, na verdade, significa que te amo tanto que não consigo me conformar com a ideia de te dar tão pouco.

O fato de hoje dizer que chegamos ao fim, não quer dizer que o que vivemos não teve valor para mim, mas que o que nós tivemos foi tão importante e bonito que quero preservá-lo para sempre desse jeitinho, quero lembrar da gente com carinho, não quero brigas e mágoas no nosso final, quero que estejamos bem o suficiente para lembrar do que tivemos de um maneira gentil e para sorrir ao pensarmos nas histórias que juntos escrevemos.

Hoje te deixo livre porque tudo o que mais quero é te ver feliz, hoje te dou um último beijo, um último abraço apertado, porque não imagino um mundo em que eu queira te ver em um relacionamento que já não faz mais sentido.

Eu te amo tanto que preciso desapegar de você, e tenha certeza que essa é a decisão mais difícil da minha vida e a conversa mais dolorida que já tive com alguém. Eu pensei muito no último mês, ensaiei o que iria falar em minha cabeça umas mil vezes, porque sei que tudo que falo parece clichê e que no fundo você só consegue enxergar que estou te deixando.

Sei que não é fácil, pode não parecer, mas é ainda mais difícil para mim ter que olhar nos teus olhos e dizer que não dá mais, porém, eu preciso fazer isso, por você e por mim, nós precisamos pensar nas nossas prioridades, precisamos de espaço para pensar em nós mesmos, precisamos de um tempo em que possamos nos concentrar no que queremos construir nas nossas vidas, agora temos mais dúvidas que certezas e nosso relacionamento virou uma delas.

Nós estamos incompletos, vivendo pela metade, não somos mais as pessoas que se apaixonaram a anos atrás, e isso é bom, mudar é algo natural e é o que dá um gostinho especial para vida, mas o nosso relacionamento ficou pelo caminho, ele não evoluiu e mudou junto com a gente, estamos trilhando caminhos diferentes e tentando a todo custo não reparar que andar de mãos dadas não é mais uma possibilidade.

Espero que daqui a um tempo você entenda os meus motivos, entenda que nem eu e nem você erramos, entenda que estou fazendo isso porque ainda te amo muito e sei que isso será melhor para nós dois. Não quero soar controladora, no entanto eu sinto que sozinho você não vai querer enxergar que “nós” não existimos mais.

Viramos lembranças, hoje vivemos apenas delas, quero estar no teu presente e para isso preciso que você entenda que precisamos nos olhar de uma maneira diferente, somos duas pessoas que se amam, mas que não cabem mais no relacionamento que estão mantendo, quero agora criar contigo outras possibilidades de ficarmos juntos, outras formas de nos amar.

Hoje digo adeus a esse relacionamento , digo adeus ao que vivemos enquanto um casal, mas não digo adeus a você, vamos respeitar o nosso tempo, viver as nossas vidas e quem sabe no futuro possamos encontrar essa nova forma de compartilhar afeto e amor um com o outro.

Essa será a última vez que olharei nos teus olhos e te chamarei de amor, mas espero que não seja a última vez que te vejo, desculpa por te fazer chorar, espero que um dia lembre de mim e sorria e que consiga resignificar a nossa relação.

Eu preciso te deixar ir e um dia você entenderá que de algum modo você também precisava abrir mão de mim. Prometo que tudo vai ficar melhor depois, pode acreditar, uma hora as coisas encontram o seu devido lugar.

Mulher, negra, LGBT // Escrevo sobre amor para aliviar a alma. Escrevo sobre a dor para tentar curá-la. Escrevo sobre a realidade para tentar mudá-la.

Mulher, negra, LGBT // Escrevo sobre amor para aliviar a alma. Escrevo sobre a dor para tentar curá-la. Escrevo sobre a realidade para tentar mudá-la.